Militares receiam a volta de Pazuello as Forças Armadas
O Antagonista
Militares receiam a volta de Pazuello as Forças Armadas

A saída do general Eduardo Pazuello do Ministério da Saúde, após dez meses à frente da errática gestão na pandemia da covid-19, foi recebida com alívio por oficiais do Exército . Ainda com o futuro de Pazuello incerto, o maior receio entre os militares agora é sobre a possível volta do general à Força após deixar o cargo político.

A exoneração do ministro ainda não foi publicada no Diário Oficial da União. O Palácio do Planalto tenta encontrar um cargo para construir uma “saída honrosa” para Pazuello. Se isso não ocorrer, o general será incorporado imediatamente ao Exército.

Entre oficiais-generais, há receio que este movimento seja interpretado como um vínculo político da instituição, o que tem sido evitado pelo comandante do Exército, Edson Leal Pujol. Em novembro do ano passado, com aumento das críticas, Pujol disse que “militares não querem fazer parte da política”, delimitando que o Exército é uma instituição de Estado e não de governo.

Você viu?

Membros das Forças Armadas avaliam que saída de general do ministério em momento de crise sanitário no Brasil, alivia Exército diante desta situação. De acordo com um integrante do Alto Comando do Exército, a substituição de Pazuello por Queiroga foi a solução encontrada para reparar o erro do general de ter aceitado o convite para ocupar cargo depois da saída de Nelson Teich, em maio de 2020. 

Segundo o militar, a saída de Pazuello do cargo é um bom sinal para as Forças. A população associava às duas partes, mesmo com eles trabalhando para que a instituição não fosse impactada pelas críticas ao general. E após sua passagem pelo governo, conseguir um cargo nas Forças Armadas não será tarefa fácil. Ante de chegar à pasta em abril de 2020, Pazuello, especializado em logística, ocupava a 12.ª Região Militar da Amazônia. 

No Palácio do Planalto, Bolsonaro não quer deixar o general desamparado e deseja o realocar para algum cargo em seu governo. Caso situação se concretize, Pazuello poderá integrar o Ministério da Defesa ou assumir uma determinada função administrativa. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários