O governador reconheceu as atividades religiosas como essenciais em meio à pandemia de Covid-19 no último dia 01
Reprodução/Twitter
O governador reconheceu as atividades religiosas como essenciais em meio à pandemia de Covid-19 no último dia 01

O procurador-geral de Justiça, Mario Sarrubbo, recomendou ao governador de São Paulo, João Doria , que "tome as devidas providências para suspensão da realização de cultos, missas e demais atividades religiosas de caráter coletivo e de eventos esportivos de qualquer espécie, inclusive partidas de futebol, durante a fase vermelha do Plano São Paulo ". As informações são do blog do Fausto Macedo no jornal O Estado de S. Paulo .

A recomendação foi assinada nesta terça-feira (09), após uma reunião virtual promovida por Sarrubbo para examinar o decreto do governador que reconhece atividades religiosas como essenciais, poupando igrejas e templos de fecharem as portas durante a pandemia .

Membros do gabinete de crise da Covid-19 instituído no Ministério Público paulista, líderes religiosos e integrantes do Comitê de Contingência do governo estadual participaram da reunião virtual nesta segunda (08). Na ocasião, os médicos que integram o gabinete de crise instituído pela PGJ para orientar os promotores e procuradores de Justiça no enfrentamento à pandemia destacaram a taxa de ocupação dos leitos de UTI e o maior índice de transmissão das novas cepas da Covid-19 como fatores críticos neste momento.

Sarrubbo ressaltou que a suspensão das atividades religiosas coletivas e dos eventos esportivos "torna-se imprescindível", considerando o aumento no número de casos, internações e mortes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários