Presidente da Argentina, Alberto Fernández
Reprodução/Twitter/alferdez
Presidente da Argentina, Alberto Fernández

O Presidente da Argentina , Alberto Fernández, celebrou a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, que  anulou as condenações do ex-presidente Lula na Operação Lava Jato.

Em mensagem publicada nas redes sociais, o argentino disse que as condenações contra Lula foram impostas com propósito de "persegui-lo e eliminá-lo" da vida pública:

“Eu comemoro que Lula tenha reabilitado todos os seus direitos políticos. As sentenças proferidas contra ele com o único propósito de persegui-lo e eliminá-lo da carreira política foram revogadas. Justiça foi feita!”, disse.

Também pelas redes sociais, a assessoria do petista confirmou que Fernández ligou para Lula , que agradeceu a solidariedade dele e do “povo argentino”.

Confira o tuíte:



Em julho de 2019, quando ainda estava preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, Lula foi visitado pelo mandatário argentino, que ainda estava em campanha eleitoral.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários