Daniel Silveira, em defesa na Câmara dos Deputados
Reprodução
Daniel Silveira, em defesa na Câmara dos Deputados

O deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) se defendeu, em sessão na Câmara dos Deputados que está sendo realizada nesta sexta-feira (19) para avaliar a manutenção de sua prisão por incitar violência ao STF e defender o AI-5 , e disse que não se considera um "risco à democracia".

Daniel disse que assistiu ao vídeo três vezes e que admite ser se "excedido na fala". "Peço desculpas a todo o Brasil, todos os juristas renomados, que perceberam que me excedi na fala. Peço desculpas a qualquer brasileiro que tenha se ofendido, mas já me arrependi", confessou.

O parlamentar disse, ainda, que reconhece a importância do Supremo Tribunal Federal. No entanto, o parlamentar diz que "às vezes o supremo toma decisão que nós não entendemos.

"Todos os 513 deputados podem, em algum momento, errar (...) Eu não poderia mensurar a dimensão de uma fala totalmente garantida constitucionalmente, mas que realmente foram dúrias e impróprias."

    Leia tudo sobre:

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários