Jair Bolsonaro se encontra com apoiadores em Florianópolis, Santa Catarina
Alan Santos/Presidência da República
Jair Bolsonaro se encontra com apoiadores em Florianópolis, Santa Catarina

presidente Jair Bolsonaro declarou nesta quinta-feira (4), em evento em Florianópolis, que a pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2) “veio para ficar”, mas ponderou que "não adianta ficar lastimando”.

A postura do chefe do executivo difere com a apresentada em dezembro, quando declarou que o país vivia “um finalzinho de pandemia”.

Naquela altura, o Brasil estava prestes a chegar aos 180 mil óbitos em decorrência da Covid-19 . Hoje, com as quase 1300 mortes registradas nesta quinta (4), o país ultrapassou as 228 mil.

“Agora, é uma pandemia que veio para ficar. Não adianta ficarmos nos lastimando, fazendo placares daquilo que de ruim vem acontecendo. Vamos lutar, vamos vencer, vamos investir na nossa vacina”, afirmou Bolsonaro, que não usava máscara, item de proteção obrigatório.

Você viu?

O presidente também disse que lamenta cada morte, mas sem especificar, afirma ser contrário às “medidas que podem causar mais mortes”:

“Lamentamos cada morte havida no Brasil, não interessa a causa dela. Mas não podemos fazer com que medidas para conter uma pandemia no futuro venham causar mais mortes que o próprio vírus.”

Mais cedo, Bolsonaro causou aglomeração ao se encontrar com apoiadores em Cascavel, no Paraná.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários