Rodrigo Maia e ACM Neto em evento do DEM
Givaldo Barbosa/Agência O Globo
Rodrigo Maia e ACM Neto em evento do DEM

A divisão surgida dentro do DEM durante a disputa pela presidência da Câmara dos Deputados, e que causou mal estar entre  Rodrigo Maia e ACM Neto por conta do desembarque da sigla do bloco de apoio a Baleia Rossi, segue sendo motivo de discussões no partido . A "incerteza" sobre o futuro também já começa a afetar os planos de possíveis alianças em 2022, com o governador João Doria, um dos prováveis candidatos no pleito, já cogitando novas opções.

Em entrevista ao jornal O Globo, ACM Neto negou a existência de qualquer acordo, seja com Doria ou qualquer outro nome: "há internamente no partido diferentes pensamentos, que vão de pessoas que preferem o Doria , Mandetta (ex-ministro da Saúde), Luciano Huck, Ciro Gomes até chegar ao Bolsonaro . Mas esse assunto nunca foi discutido partidariamente. E não vamos precipitar esse debate".

Políticos próximos a Doria avaliam que o episódio mostrou que o cenário é incerto e o DEM só decidirá o seu caminho na disputa pelo Palácio do Planalto quando as chances de vitória dos nomes colocados estiverem mais claras. Parte dos correligionários de Doria reconhece que não pode ser descartada a possibilidade dos democratas apoiarem a reeleição de Bolsonaro .

Você viu?

Ainda de acordo com a publicação, Neto não descarta composição com os tucanos e reconhece que um acordo é "tentador": "expectativas são naturais. Óbvio que o governo de São Paulo é relevante, mas não podemos resumir uma decisão a isso. Será considerado, mas não a única coisa".

Maia vai ou fica?

Questionado sobre a situação do ex-presidente da Câmara , que já ameaçou deixar a sigla, ACM Neto disse que ainda não o procurou após a confirmação da vitória de Arthur Lira, mas disse torcer por sua permanência no DEM para que possam "trabalhar por um consenso em prol de uma candidatura em 2022".

Segundo o blog do jornalista Guilherme Amado, o presidente do DEM tem dito a correligionários que Maia "precisa de um tempo para abaixar a temperatura".  Entretanto, a sigla teme que a decisão acabe indo para o lado passional e ele cumpra com a ameça de se desfiliar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários