Bolsonaro voltou a defender medicamentos sem eficácia comprovada contra a Covid-19
Reprodução/Youtube
Bolsonaro voltou a defender medicamentos sem eficácia comprovada contra a Covid-19

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu mais uma vez medicamentos sem eficácia comprovada e o tratamento precoce contra a Covid-19 nesta quinta-feira (28) durante transmissão ao vivo nas redes sociais.

Em sua visita à cidade de Propriá, em Sergipe, feita hoje, Bolsonaro disse que se encontrou com o proprietário de um asilo que afirmou que nenhum dos 25 idosos do local se contaminou pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

"Nós já temos aí um ano de pandemia e ele me falou que nenhum deles teve sequer uma gripezinha. Todos eles tomaram de maneira preventiva cloroquina, ivermectina, própolis e vitamina C. Além disso, duas horas de banho de sol por dia", disse o presidente. "Ainda vai ser comprovada que a cloroquina diminui a carga viral e cura a Covid-19", emendou.

Desde o início da pandemia, nenhum desses remédios citados apresentou resultados que mostrassem que eles seriam eficazes contra a Covid-19. O tratamento precoce com esses remédios tem sido a principal bandeira do Ministério da Saúde no combate à doença, embora o ministro Eduardo Pazuello já tenha negado isso e dito que, na verdade, se trata de "atendimento precoce".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários