Bolsonaro e Alcolumbre andando de terno
Marcos Brandão/Senado Federal
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e presidente do Senado Davi Alcolumbre (DEM-AP)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) teria oferecido um cargo no Planalto ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) em troco de apoio na eleição que irá definir a sucessão do senador. No entanto, aliados de Alcolumbre aconselharam o democrata a não aceitar o cargo. As informações são da coluna Radar, na Revista Veja .

De acordo com o portal, Bolsonaro teria deixado as pastas de Minas e Energia, Secretaria de Governo, Desenvolvimento Regional e Saúde à disposição de Alcolumbre . Porém, o senador foi aconselhado a não aceitar o posto e focar a atenção no Amapá, para sua campanha de reeleição em 2022, segundo a Veja .

Ainda conforme a coluna, o maior interesse de Alcolumbre estaria na Secretaria de Governo, responsável pela articulação entre o Planalto e o Congresso Nacional. A pasta é atualmente comandada pelo general Luiz Eduardo Ramos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários