Bruno Covas e Marta Suplicy
Divulgação/PSDB
Bruno Covas e Marta Suplicy

 A ex-prefeita de São Paulo, Marta Suplicy , voltará à Prefeitura como secretária de Relações Internacionais. A nomeação foi confirmada pelo atual prefeito, Bruno Covas , em suas redes sociais.

A indicação é mais um passo na aliança que ambos formaram antes do primeiro turno. Marta, que comandou a cidade de 2001 a 2004, pelo PT , apoiou o candidato do PSDB nas eleições como parte da tentativa de formação de uma frente ampla de centro.

Durante a campanha, a ex-prefeita chegou a participar de agendas públicas de campanha, sobretudo em bairros da periferia, onde ela tem bons índices de aprovação em razão de seu mandato no começo dos anos 2000.

Você viu?

Marta participou dos eventos dentro de um carro, o 'Martamóvel' , projetado para que a ex-prefeita de 75 anos pudesse caminhar pela cidade sem se expor a multidões e ao risco de contágio.

Além de Marta Suplicy, outros cinco já foram indicados para compor o secretariado do segundo mandato de Bruno Covas . Nesta segunda-feira (21), o prefeito confirmou o nome de Eunice Prudente para a Secretaria de Justiça, Rubens Rizek Jr. para a Secretaria de Governo e Guilherme Bueno de Camargo para a Secretaria da Fazenda.

Nesta terça-feira (22), os nomes confirmados foram o de Marta, para as Relações Internacionais , César Azevedo, para a pasta de Urbanismo e Licenciamento, e Juan Quirós, para a Secretaria de Inovação e Tecnologia.

Uma das críticas que Covas sofreu durante a campanha foi a falta de diversidade no seu gabinete. Das seis indicações até o momento, foram duas mulheres e quatro homens. Eunice Prudente, futura secretária de Justiça, é negra.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários