kim kataguiri plenário
Reprodução/Twitter
Kim Kataguiri atacou Bolsonaro e seu filho, Flávio Bolsonaro: "corrupto, quadrilheiro e vagabundo"

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), ex-apoiador do presidente Jair Bolsonaro e hoje crítico do governo, fez uma série de ataques a Bolsonaro e seu filho, senador Flávio Bolsonaro (Republicanos): "corrupto, quadrilheiro e vagabundo", disse Kim em rede social neste sábado (19). Na sexta-feira (18), Kataguiri criticou o governo por  mentir sobre o 13º do Bolsa Família e acusar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de deixar a Medida Provisória perder validade. Na verdade, foi a própria articulação do governo que levou a MP a caducar.

"Bolsonaro é corrupto, vagabundo e quadrilheiro. Estou deixando isso aqui claro e bem registrado. Se estou mentindo e ferindo a 'honra' do Presidente então peço que o Ministro da Justiça me processe e vamos discutir o mérito das acusações no tribunal", publicou Kim Kataguiri .

Horas mais tarde, a liderança do Movimento Brasil Livre (MBL) repetiu os ataques: " Corrupto, quadrilheiro e vagabundo . Em qual ordem você acha melhor que seja dito?"

Se no sábado os ataques foram virtuais, na véspera Kataguiri usou o plenário da Câmara para criticar Bolsonaro e o governo. Segundo o deputado, o presidente não faz alianças apenas para aprovar reformas e privatizações , mas também "para proteger o filho quadrilheiro, corrupto e vagabundo. Quero que fique registrado que não só o filho, como o presidente da República são quadrilheiros, corruptos e vagabundos".

Pouco mais de dois anos após as eleições, Kim Kataguiri e o MBL saíram de aliados do bolsonarismo a rivais, embora disputem espaço dentro da direita. O líder do MBL tem repetido seus ataques ao presidente e buscado distanciamento, apesar de votar com o governo na maior parte das vezes.

    Leia tudo sobre:

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários