O deputado federal Luciano Bivar é o presidente do partido
Foto: Agência Brasil
O deputado federal Luciano Bivar é o presidente do partido

O Partido Social Liberal (PSL) foi o partido que mais cresceu em número de filiados ao longo em 2020, mesmo após a saída do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) da legenda.

De acordo com a legislação brasileira, os processamentos de filiações no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acontecem duas vezes ano — em abril e outubro. Em 2020, por causa da pandemia, o TSE prorrogou o prazo para dezembro.

De acordo com balanço publicado pelo colunista Guilherme Amado, da Revista Época, em outubro de 2019, o PSL tinha 349,2 mil filiados. Já em 2020, está com 449,1 mil, 99,9 mil pessoas a mais, um crescimento de 49%.

Ainda de acordo com a reportagem da Época, o segundo partido que mais filiou nesse período foi o PSD, com 78,6 mil novos filiados. Já o que menos cresceu foi o Novo, com 8,08 mil novos filiados. O PSL lidera em todos os cenários e teve um crescimento de 28,6% em sua base de filiados entre outubro de 2019 e dezembro de 2020.

Nesta comparação, a segunda legenda que mais cresceu foi a Rede — 40,34% (23,9 mil em outubro de 2019 para 33,6 mil em dezembro deste ano).

Proporcionalmente, os que menos cresceram foram o PT (3,35%) e o MDB (4,82%).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários