ciro
Agência Brasil
Ciro Gomes


O ex-ministro e preisdenciável em 2018, Ciro Gomes (PDT), disparou contra o seu recém reatadado aliado, o ex-presidente Lula (PT), ao dizer que o " lulopetismo " e o " bolsonarismo " foram banidos das grandes cidades do Brasil nas eleições municipais de 2020. As delcarações foram dadas em entrevista ao UOL .


"O Bolsonaro , para mim, nunca foi nem será jamais popular no Brasil enquanto o lulopetismo deixar de ser o fator ocasionador desse ultraconservadorismo brasileiro. Esse l ulopetismo sai completamente desmoralizado dessas eleições do Brasil. Espero que essas confrontações odientas sejam mandadas brigar lá fora, para que a gente possa construir aqui em audiência com a lição das urnas. O Brasil está sendo destruído do ponto de vista do seu tecido econômico e sua situação de contas públicas", disse Ciro.

Ciro tornou equivalentes o lulopetismo e o bolsonarismo, também disse que tais correntes ideológicas se retroalimentam. Segundo o ex-ministro, o eleitor escolheu nas urnas pela moderanção no campo do centro, da centro-esquerda e da centro-direito.

"Além do resgaste da política da realização . Ganharam as eleições aqueles capazes de entregar, me parece o fim dos estagiários nas posições de grande responsabilidade", disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários