crivella
Reprodução/Twitter
Marcelo Crivella (Republicanos) é o atual prefeito do Rio de Janeiro e busca a reeleição


A Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro (PRE) denúnciou o atual prefeito e candidato à reeleição Marcelo Crivella (Republicanos) e a sua vice André Firmo por difamação eleitoral e propaganda falsa durante a campanha. As informações são do portal G1.


A denúncia partiu do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) na última quinta-feira (26) tendo como base o material de campanha da chapa do Republicanos e as declarações públicas feitas pelos candidatos. Segundo a denúncia, Crivella e Fimo foram responsável por falas difamatórias do seu oponente no pleito, o Eduardo Paes (DEM), com o intuito de influenciar o eleitorado .

O PRE diz que Crivella veículo em vídeos, e no seu material de campanha, fatos falsos sobre a vida de Paes. O crime de difamação tem pena prevista de multa ou prisão de 3 meses a 2 anos, além disso o crime de propaganda falsa tem pena de 2 meses a um ano de prisão, com agravo caso seja veículada na televisão ou rádio. Os procuradores dizem que houve dolo - intenção de cometer o crime - por parte da chapa liderada por Crivella.

“Houve a finalidade de ofender sua honra objetiva e influir na formação da vontade do eleitorado e, assim tentar angariar votos, em plena violação à regularidade e legitimidade do processo eleitoral', diz um trecho do documento da denúncia. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários