Augusto Aras solicita apuração do envolvimento de quatro deputados do PSL
ESTADÃO CONTEÚDO
Augusto Aras solicita apuração do envolvimento de quatro deputados do PSL

O procurador-geral da República, Augusto Aras, solicitou o compartilhamento de informações do inquérito que investiga a invasão hacker ao sistema do Tribunal Superior Eleitoral, no dia do primeiro turno das eleições municipais .

O pedido da PGR é apurar o suposto envolvimento de parlamentares que têm foro privilegiado. Quatro deputados federais foram citados na representação que deu início ao caso, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Filipe Barros (PSL-PR), Carla Zambelli (PSL-SP) e Bia Kicis (PSL-DF).

Segundo informações da CNN Brasil , o pedido da PGR atende a uma notícia crime apresentada pela Safernet, ONG parceira do Ministério Público no monitoramento da internet, que pediu investigação sobre "campanha de desinformação” e “ataque cibernético” no dia da eleição.

Inicialmente essa representação foi levada ao vice-procurador-eleitoral, Renato Brill de Góes. Ao analisar o pedido, ele avaliou que os supostos crimes citados são comuns e não eleitorais, e encaminhou para o procurador-geral Augusto Aras adotar providências.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários