trans
Montagem reprodução
Erika Hilton (PSOL) e Thammy Miranda (PL)


Em São Paulo, dois vereadores transexuais fizeram história ao se elegerem pela primeira vez na história para a Câmara Municipal, com votação expressiva, ambos ficaram entre os 10 vereadores mais bem votados. Cerca de 99,92% das urnas já foram apuradas a capital paulista,  Erika Hilton (PSOL) tinha 50.477 votos e Thammy Miranda (PL) tinha 43.297 votos. 


A vereadora do PSOL foi a sexta mais votada no pleito, Já Thammy Miranda, do PL, ficou na nona posição. Erika Hilton se manifestou nas redes sociais celebrando a vitória:  "Vencemos! Com 99% das urnas apuradas já é possível dizer: Mulher preta e trans eleita a vereadora mais votada da cidade. Feminista, antirracista, LGBT e do PSOL! A primeira da história! Com mais de 50 mil votos. Obrigada".

"Venho de uma trajetória repleta de ódio e de negações . Quando chego neste espaço, já é algum tipo de ascensão", disse Erika Hilton em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, em 2019, ao se referir sobre a rotina como co-deputada da Bancada Ativista na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo).

Thammy Miranda também celebrou a vitória e disse que o seu mandato será colaborativo. "Agora começa um novo tempo, um novo ciclo na minha vida e eu vou mostrar que sou gente que cuida de gente(...) Somos mais de 43 mil pessoas agora que querem fazer o bem para a cidade de São Paulo ".



    Veja Também

      Mostrar mais