Ex-BBBs
Reprodução/Instagram
Depois de ficarem conhecidos na "casa mais vigiada do Brasil", eles agora tentam vaga no mundo da política

Nas eleições do próximo domingo (15), oito ex-BBBs voltam a disputar a preferência do público, desta vez, concorrendo ao cargo de vereador, cujo salário varia de R$ 5,6 mil a R$ 21 mil, dependendo da cidade.

Nem todos eles se deram tão bem no reality show e foram eliminados (dois, inclusive, desclassificados) com um número considerável de votos em seus paredões.

Na briga por uma cadeira na política, eles aproveitam a visibilidade e a fama conquistadas no programa para apresentar suas propostas de mudança e atrair cada vez mais simpatizantes. Afinal, de votação eles entendem.

Marcelo Zagonel - "BBB 14" - candidato em Curitiba (PR)

Marcelo Curitiba
Reprodução/Instagram
Marcelo, do 'BBB 14', é candidato a vereador em Curitiba

Um dos recordistas de paredões, Marcelo Zagonel foi eliminado em sua sétima berlinda, já na reta final do "BBB 14", com 55%. A participação do administrador paranaense agradou, e ele usa da popularidade que teve no programa para vencer as eleições no domingo que vem.

"Não sou político profissional, nem pretendo ser. Tenho uma profissão e trabalhei em financeiras, bancos e multinacionais. Decidi me candidatar por não me sentir representado por quem está no poder. Quero ser vetor de transformação da velha política", diz ele, que concorre a uma cadeira na câmera de vereadores de Curitiba .

Uma das propostas de Marcelo é implementar a criação de um mecanismo de democracia direta, um aplicativo que ganhou o apelido de " BBB de Curitiba", em que o eleitor poderá opinar sobre como ele irá se posicionar em temas da sociedade. "No 'BBB', consegui passar para o público que o Marcelo é uma pessoa extremamente transparente, humilde, de princípios, verdadeira, ética, de caráter, que não aceita injustiça e que tem uma paixão enorme pela família".

Tereza Souza - "BBB 19" - candidata em Arcoverde (PE)

Tereza BBB
Reprodução/Instagram
Tereza, do "BBB 19", disputa em Arcoverde (PE)

Psicanalista e técnica de enfermagem, Tereza Souza, a Tetê, do " BBB 19 ", deixou o programa numa eliminação atípica, quando os próprios participantes escolheram entre os menos preferidos do público qual iria deixar a casa. Ela recebeu 5 dos 8 votos e teve que dar adeus ao sonho de R$ 1,5 milhão. Tetê, de 54 anos, concorre uma vaga de vereadora em Arcoverde , Pernambuco, e acredita que sua passagem pelo reality pode ajudá-la em sua campanha.

"Quem não me conhecia passou a me conhecer. Só tenho coisas positivas a respeito da minha participação no 'BBB'", diz ela, que já nasceu no meio da política. "Sou filha de ex-prefeito e tenho política no meu DNA. Trabalho com políticas públicas, como assistente social, e vou entrar para fiscalizar as verbas destinadas às pessoas à margem da sociedade. Acredito na política limpa e séria. Esse será meu grande diferencial".

Ilmar Mamão - "BBB 17" - candidato em Campo Grande (MS)

Mamão
Reprodução/Instagram
Ilmar Mamão, do "BBB 17", quer uma vaga na câmera de vereadores de Campo Grande, no MS

O advogado Ilmar foi o 10º eliminado do "BBB 17", com 55,92% dos votos num paredão contra Marcos Harter. Sua saída ocorreu após uma briga contra Emilly, vencedora da edição. No ano seguinte, Mamão , apelido que ganhou no programa e que ele usa hoje em sua campanha para vereador em Campo Grande (MS), foi candidato a deputado federal com quase 10 mil votos no estado do Mato Grosso do Sul.

"Me coloquei agora à disposição para sair candidato porque vejo a oportunidade de apresentar um pensamento diferente do que acontece aqui na cidade. O 'BBB' me deu muita visibilidade e esses dez mil votos que eu tive, foi, óbvio por causa da minha militância política, que vem desde os meus 16 anos, mas com a ida para o 'Big brother' ganhei uma outra projeção".

Ele conta que seu diferencial é uma campanha 100% digital, sem aglomeração, e em respeito aos mais de 160 mil mortos pela Covid-19. O candidato também prega uma política de combate ao ódio nas redes sociais. "Estou com a sensação de dever cumprido de que a minha candidatura ajuda a elevar o nível de debate, e sou muito grato ao 'BBB' por ter me dado essa visibilidade".

Mara Telles - "BBB 18" - candidata em Belo Horizonte (MG)

Mara BBB
Reprodução/Instagram
Mara Telles, primeira eliminada do 'BBB 18', ´é candidata em Belo Horizoente

Cientista política, Mara Telles foi a primeira eliminada do "BBB 18". Ela deixou a casa num paredão duplo contra a Bruxinha Ana Paula, com 55,45%. Aos 56 anos, Mara tenta uma vaga na Câmera de vereadores de Belo Horizonte .

"Qualquer visibilidade ajuda um candidato a se tornar conhecido, contudo, a mera participação no 'BBB' não é condução suficiente para ser eleito. Para alguns grupos, é positivo. Sobretudo, entre os mais jovens. Para outros segmentos, ao contrário. Pode ser tornar até algo 'negativo', dependendo de como tal participação em programa de entretenimento é percebido", opina ela, que tem projetos voltados para a ciência e tecnologia.

"Como trabalho com produção científica há muitos anos e produção do conhecimento, quero utilizar esse espaço para fazer a discussão da relevância da ciência e tecnologia na cidade de Belo Horizonte. Acredito que a autonomia tecnológica produz desenvolvimento e, do meu ponto de vista, seria essencial uma bancada da ciência para combater o fundamentalismo que tem crescido muito na câmera dos vereadores de Belo Horizonte e Brasil afora. Quero levar essa bandeira para a esfera pública, já que nenhum dos candidatos que eu conheço para vereadores no país está levando essa proposta de, por exemplo, adotar 1% do orçamento para ciência e tecnologia e tentar promover a criação de uma fundação municipal de amparo a ciências".

Emanuel - "BBB 9" - candidato em Santa Catarina

Emanuel BBB
Reprodução/Instagram
Emanuel, do "BBB 9", concorre a vereador por Santa Catarina

O catarinense Emanuel Milchevski foi o quinto eliminado do "BBB 9", em 2009, com 43% dos votos num paredão triplo. Ele tinha 25 anos, estudava Administração na época e entrou no programa após ser o mais votado na Casa de Vidro , a grande novidade daquela edição.

"Decidi ser candidato porque acredito que a política jovem tem muito a contribuir", diz ele, atualmente com 36 anos. Emanuel teve um romance com Priscila Pires no reality e hoje disputa uma vaga de vereador em Santa Catarina. "Estou bastante confiante. Tenho sido muito bem recebido em minhas visitas, que são diárias e constantes. Sendo eleito, pretendo atuar também modernizando o atendimento ao cidadão em todas as áreas, facilitando contato e consultas de informações através de aplicativo, além de acreditar no potencial turístico de nossa cidade", promete o ex-BBB.

Daniel Fontes - "BBB 17" - candidato em Ferraz de Vasconcelos (SP)

Daniel BBB
Reprodução/Instagram
O agente de trânsito Daniel Fontes concorre em sua cidade, Ferraz de Vasconcelos (SP)

O agente de trânsito Daniel Fontes recebeu 68.38% dos votos no "BBB 17" e foi o nono eliminado daquela edição, num paredão contra a favorita Emilly Araújo. Agora, ele disputa uma vaga de vereador em sua cidade natal.

"Desde que sai do 'BBB' e voltei às minhas atividades em meu município, Ferraz de Vasconcelos (SP), tento implantar projetos, mas não tinha apoio da atual gestão. Então, decidi concorrer a vereador porque assim não terei obstáculos por parte do executivo para fazer mais pela minha cidade", diz ele, que tem como um dos projetos tirar os jovens do ócio, com um espaço para a prática de esportes.

"Minha passagem pelo 'BBB' me deixou bem quisto na minha cidade, e acho que isso vai ajudar, sim, na candidatura. Foi uma exposição que, com certeza, terá um certo peso nas eleições. Lá no programa mesmo eu já falava que gostaria de fazer algo para ajudar as pessoas da minha cidade com a fama que viria com a minha passagem pelo 'BBB'".

Vanderson Brito - "BBB 19" - candidato em Rio Branco (AC)

Vanderson
Reprodução/Instagram
Vanderson, do 'BBB 19', disputa no Rio Branco (Acre)

O biólogo Vanderson Brito não chegou a ser testado pelo público num paredão. Ele foi desclassificado do " BBB 19" por conta de acusações de agressão física e estupro, movidas por uma ex-namorada. As denúncias foram arquivadas por falta de provas, e Vanderson pôde dar continuidade aos seus projetos voltados para meio ambiente e povos indígenas, motivo que o fez querer participar do programa.

"Há alguns anos venho trabalhando com projetos específicos, com educação, meio ambiente e com os povos indígenas. Infelizmente, temos muita dificuldade de implementar projetos devido às burocracias. Penso que um mandado na vareança facilitaria fazer com que as coisas andassem mais e eu conseguiria sair dos projetos de pequenos núcleos para política pública. É uma forma de conseguir ajudar as pessoas daqui", diz.

Mesmo sendo desclassificado do reality, ele acredita que sua exposição do reality foi positiva. "É algo que a gente não deve ignorar. Depois que você vai para o ''Big brother', está no seu currículo. Você vai ser médico, biólogo..., mas você vai ser também ex-BBB . Isso ajuda, de certa forma, a campanha a ter mais visibilidade. Entre uma pessoa que você não ouviu o nome e outra que você já ouviu, fica mais fácil conseguir disseminar ideias e dialogar".

Marcos Harter - "BBB 17" - candidato em Sorriso (MT)

Marcos Harter
Reprodução/Instagram
O cirurgião plástico Marcos Harter participou do 'BBB 17' e concorre em Sorriso, no MT

O médico cirurgião Marcos Harter foi expulso do "BBB 17" na última semana do programa por conta de um inquérito aberto na época para apurar se houve agressão física e psicológica à participante Emilly . Ele foi inocentado do processo e tentou se eleger deputado estadual nas últimas eleições. Hoje, concorre a vereador por Sorriso, em Mato Grosso.

"Tenho intenção de entrar na política desde as últimas eleições, quando me candidatei pela primeira vez como deputado federal pelo Mato Grosso. Foi uma experiência incrível, que me deu ainda mais vontade de entrar de vez na vida pública. Isso se deu, sobretudo, quando vi o alcance dos meus dois projetos sociais, o Dumbinho e o Nariz Sem Bullying, em que oferecemos cirurgias plásticas a baixo custo para quem precisa. Na política, tenho condições de ajudar ainda mais a quem precisa através de bons projetos e propostas. Nestas eleições, sou candidato a vereador pela cidade que adotei como meu lar. Quero poder, como vereador, ajudar mais as pessoas, com projetos focados na saúde, como a construção de um hospital municipal, e da educação, como as escolas de horário integral e cursos profissionalizantes".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários