Guilherme Boulos
Reprodução / Instagram
Guilherme Boulos (PSOL), candidato à Prefeitura de São Paulo

O jornalista e comentarista da rádio Joevm Pan Augusto Nunes foi condenado pela segunda vez a pagar uma indenização ao candidato à prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL) . Uma multa no valor de R$ 12 mil foi empregada após Nunes chamar Boulos de "gigolô de sem teto". A primeira condenação foi no valor de R$ 19 mil.

As alfinetadas de Augusto Nunes contra Guilherme Boulos aconteceram antes da oficialização das eleições municipais. No dia 16 de agosto de 2019 a expressão "gigolô de sem teto" foi dita pela segunda vez e já havia rendido uma decisão contrária em primeira instância em 2018.

"É verdade que fui condenado em 2ª instância porque, como vive dizendo o Boulos , a Justiça pode errar também", afirmou Nunes no programa Morning Show. Mesmo com as penalizações judiciais, Nunes não deixou de falar sobre o assunto e fez provocações contra Boulos.

"Ele ficou bravo porque eu o chamei de gigolô de sem-teto. Volto a chamá-lo de gigolô de sem-teto pra ver se ele me processa agora. Quero ver se o próximo juiz do caso vai repetir a sentença".

Na sentença emitida pela juíza Luciana Pagano, Nunes poderia ter criticado e manifestado a opinião contrária a Boulos , "mas sem necessidade de utilizar termo ofensivo".

    Leia tudo sobre:

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários