Ricardo Nunes
Reprodução
Empresa da família de vice de Covas prestou serviços sem licitação em creches

Uma empresa da família do candidato a vice-prefeito de  Bruno Covas, Ricardo Nunes, do MDB, recebeu R$ 50 mil de creches conveniadas com a Prefeitura da cidade de São Paulo, para prestação de serviços sem licitação em 2019. As creches são dirigidas por aliados políticos do candidato, que é vereador desde 2012.

A empresa Nikkey Serviços tem como sócias Regina Carnovale Nunes, mulher de Ricardo Nunes, e Mayara Barbosa Reis Nunes, sua filha. Elas receberam por serviços de dedetização de oito creches. A presidente da associação, chamada de Associação Amigos da Criança e do Adolescente (Acria), que contratou os serviços da empresa, Eliana Targino, é ex-funcionária de Nunes, e o vice-presidente, José Cleanto Martins, é pai de uma assessora do parlamentar.

O esquema funcionava assim: A Prefeitura pagou à associação para gerenciar e cuidar das creches. Com a verba recebida, a associação subcontratou a Nikkey Serviços sem licitação, uma vez que entidades dessa natureza são dispensadas da obrigação de fazer processos licitatórios.

A Acria entrou na Secretaria de Educação no fim de 2016. Naquele ano, recebeu R$ 4,9 milhões da Prefeitura para gerenciar uma unidade de educação infantil em Parelheiros. De 2017 para frente, já nas gestões João Doria (PSDB) e Covas, a Acria aumentou para nove as unidades gerenciadas. O faturamento entre 2018 e 2019 foi a cerca de R$ 17 milhões por ano.

Os pagamentos à empresa dos parentes do vice de Covas foram feitos via uma outra empresa, com um CNPJ diferente da Acria, e que fica em Embu-Guaçu. Essa empresa, chamada Nikkey Controle de Pragas, não tem Ricardo Nunes como sócio – nos cadastros da Junta Comercial, Nunes e seu filho, Ricardo Nunes Filho, constam como sócios.

À Justiça Eleitoral, Nunes declarou um patrimônio de R$ 4,8 milhões. Em sua minibiografia na Câmara, o vereador diz que a Nikkey é uma empresa de sucesso, com várias filiais.

    Veja Também

      Mostrar mais