sabará
Reprodução
Comissão de Ética do Novo expulsa Filipe Sabará

A comissão de ética do 'partido Novo' informou, nesta quarta-feira (21), que decidiu expulsar, por unanimidade, o candidato à Prefeitura de São Paulo, Filipe Sabará, por "inconsistências em seu currículo". O Diretório Nacional do partido enviou um comunicado aos filiados que residem em São Paulo para informá-los da decisão.

"Filipe Sabará está oficialmente expulso e não pertence mais ao quadro de filiados do Novo", diz o comunicado. Segundo o comunicado, o candidato tem agora 10 dias para apresentar recurso ao Diretório Nacional do partido. A apreciação do recurso não suspende a decisão da comissão de ética.

Veja a nota na íntegra a seguir:

"O Diretório Nacional informa ao Diretório Municipal e aos filiados da cidade de São Paulo que foi comunicado pela Comissão de Ética Partidária (CEP) da sua decisão, por unanimidade, pela expulsão de Filipe Sabará, referente ao Processo Administrativo Disciplinar PAD (2020/014), que tratou de inconsistências em seu currículo.

Conforme Resolução Interna de nº 31, fica estabelecido o prazo de 10 dias corridos a partir da presente data para apresentação de recurso ao Diretório Nacional. O recurso não tem efeito suspensivo da decisão, de forma que Filipe Sabará está oficialmente expulso e não pertence mais ao quadro de filiados do NOVO.

Todo o rito processual seguiu rigorosamente os prazos e procedimentos previstos em nosso estatuto e na resolução que regulamenta os processos da CEP.

O Diretório Nacional reitera sua confiança nas decisões da CEP, sua transparência com o processo e o respeito à ampla defesa do denunciado."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários