eduardo
Jorge William / Agência O Globo
Eduardo Bolsonaro apoiou é denunciado por Frota em relatório da PF


A coluna Painel do jornal Folha de São Paulo teve acesso aos dados da CPMI das Fake News apresentados pelo deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) à Polícia Federal (PF), em depoimento na semana passada, que mostram a possível  ligação de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) com esquema de notícias falsas contra opositores.


Frota levou à PF diversos números de IPs de computadores de Brasília e do Rio de Janeiro que estariam ligados ao e-mail de Eduardo Bolsonaro e teriam sido utilizados em ações de criação e disseminação de fake news nas redes socias. A reportagem da Folha de S.Paulo procurou Eduardo, mas não recebeu resposta.

Segundo Frota, um dos e-mails identificados pela comissão do Congresso na utilização dos IPs de máquinas ligadas a rede de fake news é o endereço  bolsonaro.enb@gmail.com,  o mesmo utilizado pelo filho do presidente no registro de seu candidatura em 2018.

No mês de março, uma reportagem do portal UOL já havia revelado a ligação de Eduardo Bolsonaro com as fake news. A página Bolsofeio convocou manifestações antidemocráticas e ataques contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), hoje está desativada mas foi criada por um computador localizado na Câmara dos Deputados e foi registrada com o mesmo número de celular utilizado por um secretário parlamentar de Eduardo Bolsonaro, Eduardo Guimarães.

Frota prestou depoimento à PF no ambito do inquérito que investiga a convocação de atos antidemocráticos , sob responsabilidade do ministro Alexandre de Moraes, do STF.

    Veja Também

      Mostrar mais