Luciano Querido
Divulgação
Luciano Querido é ex-assessor de Carlos Bolsonaro e trabalhou na campanha presidencial de Bolsonaro em 2018

O ex-assessor do vereador  Carlos Bolsonaro (Republicanos) na Câmara, Luciano Querido, foi demitido da presidência da Fundação Nacional das Artes (Funart) há 15 dias. Nesta quinta-feira (1º), o nome dele aparece como diretor do Centro de Artes Visuais em uma nomeação publicada no Diário Oficial da União. As informações são de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro , Querido era o responsável pelas mídias sociais de Carlos Bolsonaro . Ele também participou da campanha eleitoral de Jair Bolsonaro (sem partido), em 2018, mas foi retirado da da equipe de trabalho pelo próprio presidente.

Em março deste ano, Querido foi nomeado para a Funarte. A demissão do mês passado teria ocorrido após ele bater de frente com o secretário de Cultura, Mário Frias. 

    Veja Também

      Mostrar mais