Joice
Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Deputada e candidata à prefeita de São Paulo Joice Hasselmann


O procurador-geral da República, Augusto Aras , quer a abertura de um inquérito para investigar a deputada federal e candidata a prefeita de São Paulo, Joice Hasselmann (PSL), sobre  o uso de funcionários do seu gabinete na Câmara para criar perfis falsos para atacar bolsonaristas, núcleo do que ela fazia parte.


Aras quer que os assessores Marcelo Marinho de Farias e Jean Hernani Guimarães Vilela do gabinete de Joice sejam ouvidos. O procurador-geral encaminhou ofício, no final de agosto, ao ministro Luís Roberto Barro do Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a investigação do caso.

"Os fatos noticiados são relativos ao exercício do cargo público, dado que, em tese, foram praticados pela Deputada Federal Joice Hasselmann e por servidores de seu Gabinete, sob seu comando, num contexto de disputa com adversários políticos. De outro lado, os fatos potencialmente criminosos foram cometidos no curso do mandato", disse Aras no ofício.

    Veja Também

      Mostrar mais