Foto: Reprodução/Internet
"Pode tirar a máscara, moleque. Fica à vontade aqui", disse o presidente

O presidente  Jair Bolsonaro  (sem partido) pediu para um menino tirar a máscara de proteção antes de cumprimentá-lo nesta sexta-feira (4). O episódio ocorreu em Eldorado, no interior de São Paulo, quando Bolsonaro foi ao encontro de apoiadores. A legislação obriga o uso da proteção no estado, inclusive por pré-adolescentes e adolescentes.

O menino, que não usava máscara inicialmente, estava entre os simpatizantes. O garoto então coloca a máscara e o presidente reage: "Pode tirar a máscara, moleque. Fica à vontade aqui." Depois, aperta a mão do garoto, que estava acompanhado da mãe. Desde quinta-feira (3), o presidente está no Vale do Ribeira, onde cumpre agenda oficial.

Um dia antes, o presidente também provocou aglomeração durante visita as cidades de Pariquera-Açu, Eldorado Paulista e Tapiraí, todas na região do Vale do Ribeira, na quinta-feira (3).

Na chegada aos municípios, o presidente foi recebido por apoiadores,  muitos deles sem máscara e não respeitando o distanciamento social, que se juntaram às grades de contenção para tentar abraçar e tirar fotos com Bolsonaro. 

Segundo o último boletim das secretarias de Saúde, o estado lidera o ranking das unidades da Federação com mais casos e óbitos no país em decorrência da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. No total, São Paulo acumula 837.978 mil casos e 30.905 mortes.

    Veja Também

      Mostrar mais