witzel
Agência Brasil
Governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel

Após ser decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ)  de afastar Wilson Witzel por suspeita de corrupção e esquemas de desvios de dinheiro, o governador do Rio de Janeiro se manifestou em sua rede social e afirmou que respeita a decisão dos magistrados. "Compreendo a conduta dos magistrados diante da gravidade dos fatos apresentados. Mas, reafirmo que jamais cometi atos ilícitos".

Logo após a oficialização da decisão do STJ, que votou favorável à manutenção do afastamento, Witzel reiterou que não recebeu "qualquer valor desviado dos cofres públicos, o que foi comprovado na busca e apreensão".

Agora, o governador afastado disse que vai continuar trabalhando em sua defesa. Nesta quarta-feira (2), a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj)  decidiu extender o prazo para o governador afastado apresentar sua defesa contra o processo de impeachment em mais uma sessão. Com a medida, Witzel terá até a próxima terça-feira (08) para se manifestar.

Por mim, Witzel desejou boa sorte a Cláudio Castro, que vai assumir seu lugar após o afastamento. "Desejo ao governador em exercício, Cláudio Castro, serenidade para conduzir os trabalhos que iniciamos juntos e que possibilitaram devolver ao povo fluminense a segurança nas ruas e, com isso, a esperança em um futuro melhor".

Veja, na sequência, a manifestação de Wilson Witzel:







    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários