Carlos Alberto Decotelli
Marcello Casal Jr/Agência Brasil - 03.07.2019
Carlos Alberto Decotelli nomeado nesta quinta-feira 25 de junho para comandar o MEC

O professor Carlos Alberto Decotelli foi nomeado o novo ministro da Educação nesta quinta-feira (25) pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A nomeação fez com que apoiadores e oposição do governo se manifestassem nas redes sociais.

Leia também:

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) provocou a deputada Tabata Amaral (PDT-SP) conhecida por ser defensora da educação. "E aí, Tabata vai ter 'coragem' de criticar o novo ministro? Sabia que ele não precisou de cota para conseguir este currículo?", escreveu após divulgar a biografia de Decotelli .

Em seu Twitter, Tabata afirmou que "Decotelli chega com o desafio de reestruturar um MEC paralisado por dois ministros que nunca tiveram a educação como prioridade". A deputada era muito crítica ao ex-ministro Abraham Weintraub.

"Desejo que ele reconheça que o MEC precisa mudar de rota e esteja disposto ao diálogo p/ superarmos a crise", apontou Tabata. "O futuro da nossa juventude depende disso".

O deputado Coronel Tadeu (PSL-SP) postou uma foto na rede social com Decotelli e compartilhou frases de incentivo. Outra bolsonarista , a deputada Bia Kicis (PSL-DF) afrimou "Conheci o professor Decotelli na transição e ele presidiu o FNDE de fevereiro a agosto de 2019. Desejo muita sorte ao Ministro. Parabéns!"

Na esquerda, a deputada do PSOL Sâmia Bomfim alegou que "o projeto do governo para o MEC é de militarização, privatização e autoritarismo". 

"Enquanto Bolsonaro estiver na presidência, a educação pública seguirá asfixiada. É esse projeto que Decotelli está aceitando integrar. Seguiremos na luta!", defendeu.

Outra integrante do PSOL, a deputada estadual de São Paulo Isa Penna afirmou que "tá ficando difícil de negar que o projeto de Bolsonaro é destruir a educação e militarizar o governo, né". Decotellli "ainda é próximo de Paulo Guedes, o responsável por acabar com a economia brasileira", criticou Penna.

Já o filho do presidente e deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) desejou sucesso a Decotelli e "que Deus ilumine o novo Ministro!".


    Veja Também

      Mostrar mais