Bolsonaro viaja para o Rio de Janeiro após morte de soldado paraquedista
Agência Brasil
Presidente Jair Bolsonaro não participa das manifestações em Brasília porque viajou ao Rio de Janeiro para tratar de uma agenda pessoal

O presidente Jair Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada antes das 9h deste domingo e seguiu para a base aérea, de onde irá para o Rio de Janeiro.

O deslocamento não consta da lista de compromissos oficiais do presidente, por se tratar de uma agenda pessoal, segundo a assessoria.

De acordo com assessores, a ida de Bolsonaro ao Rio está relacionada à Brigada de Infantaria Paraquedista, vinculado ao Comando Militar do Leste.

Um soldado paraquedista morreu na manhã de sábado depois de um acidente perto da Base Aérea do Campo dos Afonsos, em Realengo, Zona Oeste do Rio.

Duas manifestações estão previstas hoje para a Esplanada dos Ministérios, em Brasília. De acordo com a Polícia Militar, manifestantes contra e a favor do governo vão se reunir em áreas separadas da Esplanada. Policiais vão revistar quem for até ao local, que está bloqueado para a passagem de carros.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários