homem sorrindo
Folha de S.Paulo / Reprodução
Foto de Frias seminu foi publicada na capa da Ilustrada

Poucas horas após o Diário Oficial da União publicar a nomeação do ator Mário Frias para o cargo de secretário especial da Cultura , o jornal Folha de S. Paulo usou uma foto do ator seminu em um ensaio como capa de um dos seus cadernos, classificando Frias como “o novo homem do presidente”.

Na publicação, o jornal lembra do passado de Frias como ator na rede Globo e da Bandeirantes e narra a aproximação entre ele e membros do governo de Jair Bolsonaro enquanto o presidente ainda “noivava” com a última secretária a ocupar o cargo, a atriz Regina Duarte .

Leia também

Nas redes sociais, a capa do caderno Ilustrada gerou comentários divididos. Enquanto alguns riam da imagem escolhida pela revista, outros classificavam a escolha como uma “diminuição” do novo secretário pelo ensaio sensual. “Há milhares de formas e razões para criticar a indicação de Mário Frias para a Cultura, mas essa não é uma delas. Faz insinuação homofóbica, sexualiza o que não deve”, pontuou a jornalista Vera Magalhães. Veja, abaixo, algumas das reações à publicação.




    Veja Também

      Mostrar mais