Ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro
Agência Brasil
Ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro fez uma crítica indireta ao governo, nesta segunda-feira (8) em seu Twitter. Ele comparou, sem citar diretamente, a situação do Ministério da Saúde a um avião que perde seus pilotos em uma tempestade. "Não tem como dar certo", afirmou.

Leia também

Sergio Moro escreveu na rede social "imagine um avião em pleno voo na tempestade", fala em referência à pandemia de Covid-19. "De repente, perde o piloto, depois o substituto do piloto", continuou na publicação, mencionando a  saída de Luiz Henrique Mandetta (DEM) e  Nelson Teich do Ministério da Saúde.

"E, por fim, inverte a lógica dos instrumentos de navegação", escreveu sobre a mudança do ministério na forma como divulga os dados sobre casos e mortes pelo Covid-19 – que passou a divulgar apenas os novos casos e não o total

Você viu?

"Não tem como dar certo. Transparência e rumo são fundamentais, especialmente em cenário de crise", concluiu o ex-ministro da Justiça .

Veja a publicação de Moro :



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários