Daniel Silveira
Agência Câmara
Daniel Silveira ficou conhecido em 2018 por quebrar uma placa que homenageava a vereadora Marielle Franco

O deputado Daniel Sivleira (PSL-RJ) deseja que os movimentos e grupos antifascistas, que foram responsáveis pelos atos do último final de semana, sejam considerados como grupos terroristas. Para isso, o parlamentar apresentou uma proposta de mudança da Lei Antiterrorista .

Leia também: Eduardo Bolsonaro irá à PF fazer boletim de ocorrência e deixar celular

Na proposta de alteração, Silveira acrescenta um pequeno trecho à lei 13.260 de 16 de março de 2016. O excerto diz: "Considera-se organização terrorista os grupos denominados antifas ( antifascistas ) e demais organizações com ideologias similares".

O projeto foi apresentado um dia após os atos antifascistas que criticaram o governo de Jair Bolsonaro . O próprio presidente já chamou os movimentos antifascistas de terroristas, usando, para isso, uma publicação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Daniel Silveira ficou conhecido em 2018 por quebrar uma placa de rua que homenageava a vereadora Marielle Franco , assassinada em março daquele ano.

    Veja Também

      Mostrar mais