Bolsonaro
Agência Brasil
Gesto é visto como tentativa de Bolsonaro de formar uma base no Congresso.

Em mais uma tentativa de se aproximar do " Centrão ", o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu entregar o comando do Banco do Nordeste ao Partido Liberal (PL), sigla comandada pelo ex-deputado Valdemar Costa Neto , condenado no mensalão.

Leia também: Confira o projeto que reuniu todos os pedidos de impeachment de Bolsonaro

Alexandre Borges Cabral, que foi presidente da Casa da Moeda entre julho de 2016 e junho de 2019, está sendo cotado para ser o novo chefe do Banco do Nordeste e pode  ser anunciado ainda nesta segunda-feira (1).

A troca no comando do banco é vista como mais uma tentativa do presidente de tentar sedimentar uma base no Congresso.Entretanto, o gesto contraria a declaração de Bolsonaro feita na última quinta-feira (28), quando, apesar de admitir a negociação de cargos, negou a existência de conversas para troca de ministros e entrega de bancos e empresas estatais. 

"Em nenhum momento nós oferecemos ou eles pediram ministérios, estatais ou bancos oficiais", afirmou o presidente.

    Veja Também

      Mostrar mais