General Eduardo Pazuello assumiu interinamente o comando do Ministério da Saúde no lugar de Nelson Teich
José Dias/PR
General Eduardo Pazuello assumiu interinamente o comando do Ministério da Saúde no lugar de Nelson Teich

O Ministério da Saúde afirmou na noite desta sexta-feira (15) que está finalizando as novas orientações da pasta no combate à Covid-19 . Por meio de nota, a pasta disse que o objetivo do novo protocolo é iniciar o tratamento da doença antes do seu agravamento e necessidade de utilização de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva).

Essas novas diretrizes já eram prometidas pelo ex-ministro Nelson Teich desde segunda-feira, quando elas foram anunciadas. Naquela ocasião, Teich disse que mais detalhes seriam dados na quarta. Em meio as negociações, no entanto, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems) disseram que não iam aderir às medidas.

Leia também: Covid-19: Mortes sobem para 14,8 mil; casos confirmados passam de 218 mil

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, o documento abrangerá novas diretrizes em relação ao atendimento de casos leves de contaminação pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), sendo descritas as propostas de disponibilidade de medicamentos, equipamentos, estruturas e profissionais capacitados.

O ministério finaliza a nota dizendo que as orientações buscam dar suporte aos profissionais de saúde do SUS (Sistema Único de Saúdel) e acesso aos usuários mais vulneráveis às melhores práticas que estão sendo aplicadas no Brasil e no mundo.

Leia também: Teich foi demitido por questão de "foro íntimo", diz Braga Netto

Entre essas práticas estaria o uso da cloroquina como tratamento para pacientes em estágios iniciais da Covid-19. A falta de recomendação do medicamento foi o pivô do pedido de exoneração de Teich, que se recusou a seguir pedido do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para que o uso da droga fosse ampliado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários