Sergio Moro
Agência Brasil
Ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro acusa Bolsonaro de tentar interferir na PF.

O vídeo da reunião ministerial citado pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro será exibido pela Polícia Federal (PF) na manhã desta terça-feira (12). Encontro entre ministros aconteceu em 22 de abril e, segundo Moro, o presidente Jair Bolsonaro cobrou a troca do superintendente na PF do Rio de Janeiro.

Leia também: Em depoimento, Ramagem nega 'intimidade' com família Bolsonaro

Além de Moro , o Procurador-Geral da República (PGR), Augusto Aras , e representantes da Advocacia-Geral da União (AGU) estarão presentes na exibição, que foi autorizada pelo ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Ainda nesta terça-feira, os ministros Braga Netto (Casa Civil), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Luiz Eduardo Ramos (Secretária de Governo) também serão ouvidos pela PF

O ex-diretor geral da PF, Maurício Valeixo, e o diretor-geral da Abin, Alexandre Ramagem , prestaram depoimento na tarde da última segunda-feira (11). 

    Veja Também

      Mostrar mais