Alexandre Ramagem é cotado para assumir a chefia da Polícia Federal
.Carolina Antunes/PR - 11.7.19
Alexandre Ramagem é cotado para assumir a chefia da Polícia Federal


O diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) , Alexandre Ramagem , é o nome favorito do presidente Jair Bolsonaro para assumir como diretor-geral da Polícia Federal, de acordo com a jornalista Andreia Sadi, da GloboNews. O cargo pertencia a Maurício Valeixo, exonerado nesta sexta-feira, em decisão presidencial que motivou o pedido de demissão do ministro da Justiça Sergio Moro.

Ramagem foi chefe da equipe de segurança de Bolsonaro durante a campanha política de 2018. Antes de assumir o comando da Abin, ele chegou a ser nomeado Superintendente Regional do DPF no Ceará.

Leia também: Moro destaca respeito pela autonomia da PF durante governo do PT

Outro nome cotado para substituir Valeixo no comando da PF é Anderson Torres , secretário da Segurança Pública do Distrito Federal.  Torres esteve no Planalto, na última quarta-feira, para protocolar documentos na Presidência da República, mas o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, duvida que ele deixe o cargo estadual.

"Eu não acredito que o Anderson aceitaria ir para a Polícia Federal, porque está muito bem aqui. Se fosse para o lugar do Moro até poderia ir, mas para a Polícia Federal, não", afirmou Ibaneis.

Quanto ao substituo de Moro no Ministério da Justiça,  uma das possibilidades é o deslocamento de Jorge Oliveira, ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência para a pasta. Hoje, Oliveira acumula a Subchefia de Assuntos Jurídicos (SAJ) e é major da reserva da Polícia Militar do Distrito Federal.

    Veja Também

      Mostrar mais