vereadores
Divulgação
Câmara Municipal de São Paulo


Vereadores da Câmara  Municipal de São Paulo votam hoje (23) às 15h em sessão virtual um projeto (PR 8/2020) que pretende realizar cortes de 30% nos salários dos parlamentares da capital enquanto vigorar o decreto de calamidade pública. 

Um vereador ganha aproximadamente R$ 18.991,68 (ou R$ 14.172,63 líquidos) para legislar na cidade de São Paulo. A porposta vai além e determia determina redução de 20% nos vencimentos dos servidores que ocupam cargos em comissão (os auxiliares parlamentares) e em 30% a verba para despesas gerais dos 55 gabinetes.

Leia também: Reduzir isolamento é opção se condições mudarem, diz prefeito de Ribeirão Preto

Estima-se que cerca de R$ 3,92 milhões sejam economizados por mês caso o texto seja aprovado, economia de quase R$ 31 milhões até o final do ano. O projeto depende de votação única e pode ser promulgado pela própria Mesa assim que for aprovado.

Um segundo projeto (PL 260/2020) será votado para definir a obrigatoriedade de lojistas e comerciantes ofertarem álcool em gel aos clientes, além de deliberar sobre a concessão de benefícios para as populações vulneráveis. 

    Veja Também

      Mostrar mais