Mulher com respirador deitada em cama de hospital arrow-options
Jochen Sand/GettyImages/Creative Commons
Idosos e pessoas com comorbidades estão no grupo de risco da Covid-19

São Paulo ultrapassou neste domingo (19) a marca de mil mortos pela Covid-19 após 32 dias do registro do primeiro óbito no estado. Segundo informações da secretaria estadual de Saúde, o número é de 1.015 óbitos e há pelo menos uma ocorrência em 93 cidades, sendo que a concentração maior está na Grande São Paulo.

Os levantamentos mostram que a capital paulista contabiliza 700 vítimas, seguida por Guarulhos (28), Osasco (27), São Bernardo do Campo (20) e Santo André (12). Fora da região metropolitana, o município que registra o maior número de mortes é Santos, com 19.

Leia também: MP investiga compra de respiradores superfaturados e sem licitação pelo governo

Até agora a pasta também contabiliza 5,6 mil pessoas com suspeita da Covid-19 ou casos confirmados da doença nos hospitais. Dessa quantidade, 3.279 estão em leitos de enfermaria e 2.345 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). No total, os infectados pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) são 14.267 e estão distribuídos em 228 cidades do estado.

Entre as vítimas fatais estão 599 homens e 416 mulheres e os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais. Essas mortes correspondem a 78,7% do total.

    Veja Também

      Mostrar mais