homem falando em microfones
DIVULGAÇÃO/GOVERNO DE GOIÁS
Governador de Goiás, Ronaldo Caiado

Além de falar sobre polêmicas envolvendo sua relação com o presidente Jair Bolsonaro e comentar sobre a crise do coronavírus no Brasil, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), criticou a esquerda durante entrevista com jornalistas no programa Roda Viva na noite desta segunda-feira (6).

Após ser perguntado sobre as possibilidades da direita mudar o ponto de vista sobre o papel do Estado durante a pandemia, já que muitos governos liberais têm adotado medidas como renda básica e outras medidas vistas como “de esquerda ”, o governador comparou a experiência do Brasil com um governo de esquerda de poder com uma "virose".

Leia também: Witzel deve prorrogar isolamento, mas afrouxar nas cidades sem casos da Covid-19

“Assim como vivemos na área da saúde o coronavírus, nós vivemos o 'PT vírus' no período do PT . Foi uma virose que corrompeu toda a parte moral do governo e dilapidou todo o patrimônio do país. Isso aí nós já temos um antídoto, já temos a vacina”, afirmou.

Questionado sobre os atritos enfrentados entre governadores e Bolsonaro, Caiado disse que esse é um momento de buscar pacificação em conjunto. “Ou nós vamos achar um caminho só, com a dificuldades que nós teremos pela frente, ou será exatamente a população que vai sofrer nesse momento, com esse inimigo invisível”, opinou. No começo da crise, ele chegou a romper relações com o presidente pela forma com a qual ele estava lidando com a propagação do coronavírus no Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários