Governador Wilson Witzel
Rogério Santana
Governador Wilson Witzel

O governador Wilson Witzel deve prorrogar mais uma vez as medidas de distanciamento social , no momento válidas até o começo da semana que vem. Nesta segunda-feira, o governador de São Paulo, João Doria, anunciou que a quarentena contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2) será estendida em todo o estado até o dia 22 deste mês.

No caso do Rio, de acordo com fontes do Palácio Guanabara, o governador e o secretário estadual de Saúde, Edmar Santos, vão estudar ao longo desta semana os dados da doença para decidir se as regras serão afrouxadas ou apertadas nos municípios onde há casos da doença: a decisão final depende da análise da curva do vírus após mais esses dias de isolamento.

Leia também: Polícia apreende 11 mil máscaras ofertadas a 10 vezes o preço de mercado

No entanto, como adiantou o colunista Lauro Jardim em seu blog, Witzel encomendou ao secretariado a relação das cidades do estado que não registraram pessoas infectadas pela Covid-19. Com essa lista, ele pretende flexibilizar as medidas de restrição de circulação nessas cidades. O decreto, segundo o colunista, deve ser publicado no Diário Oficial desta terça-feira

Segundo boletim da Secretaria estadual de Saúde divulgado nesta segunda, o estado registra 1.461 casos de Covid-19 e 71 mortes. Há ainda 75 óbitos em investigação. Os setes novos óbitos confirmados são de cinco homens e duas mulheres, sendo uma de apenas 28 anos e moradora da capital.

Leia também: Após divergência, Ronaldo Caiado diz acreditar que Bolsonaro mudou

O anúncio do governo só será feito depois da Semana Santa. Pelo menos 20 governos estaduais decidiram prorrogar as regras de quarentena com restrição do funcionamento do comércio e de escolas.

Uma pesquisa do Datafolha publicada nesta segunda pelo jornal "Folha de S.Paulo" mostra que 76% dos brasileiros acreditam que o mais importante em meio à pandemia é manter as medidas de isolamento social e deixar as pessoas em casa. Já 18% dos entrevistados querem o fim do isolamento, e 6% não souberam responder.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários