Bolsonaro
Agência Brasil
Favorável ao "isolamento vertical", presidente já começa a se mexer para implementar medida no país

Defensor do chamado "isolamento vertical", que mantém apenas parte da população em isolamento, o presidente Jair Bolsonaro estaria mapeando os leitos de hotéis no Rio de Janeiro para colocar os idosos e encerrar o confinamento geral no país causado pela pandemia da Covid-19.

Leia também: Bolsonaro considera propor jejum de todos os brasileiros contra a Covid-19

Segundo o blog da jornalista Bela Megale, tal movimentação de Bolsonaro ainda é feita de forma discreta, com a análise dos leitos criados pelo próprio governo federal, para que estes estabelecimentos abriguem o chamado "grupo de risco" do novo coronavírus (Sars-Cov-2), como idosos de comunidades e até os profissionais de saúde .

Ainda de acordo com a publicação, a ação no Rio de Janeiro não é nova, já tendo sido realizada pela prefeitura, e conta com o apoio do senador Flávio Bolsonaro, um dos principais defensores do " isolamento vertical ".

Na última quinta-feira (2), o presidente já havia tratado sobre o encerramento da quarentena do Brasil . Segundo ele, o objetivo é retomar atividades no país até a próxima semana. Caso isso não aconteça, ele afirmou que poderá "tomar uma decisão".

Leia também: Bolsonaro anuncia bonificação de R$ 667 a profissionais da saúde

"Na semana que vem, com toda certeza, se não começar a volta pelo menos gradativa ao emprego, terei que tomar uma decisão e aí, seja aquilo que o povo brasileiro quiser. Acho que até semana que vem, os informais , o pessoal que vai receber dia 5, não vai ter dinheiro. O servidor público tem que entender, se não tiver arrecadação, não vai receber também. Eu sei que o Rio de Janeiro não tem dinheiro para pagar mais", afirmou Bolsonaro .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários