Presidente Jair Messias Bolsonaro
Isac Nóbrega/PR
A FNP elaborou cinco perguntas para o presidente

A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) enviou nesta segunda-feira (30) dois ofícios endereçados ao presidente da República, Jair Bolsonaro , e ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Em um dos documentos, a entidade cobra explicações sobre a conduta de Bolsonaro. No domingo, o presidente pregou o fim do isolamento social e o retorno ao trabalho dos brasileiros, exceto idosos.

Leia também: MPF pede multa de R$ 100 mil a Bolsonaro por descumprir quarentena

Após o tour de Bolsonaro pelo Distrito Federal, onde visitou o comércio e provocou aglomerações, a FNP elaborou cinco perguntas. Líder da frente, o prefeito de Campinas, Jonas Donizete, assina a carta que questiona: "Quais evidências científicas foram consideradas para motivar a mudança repentina no posicionamento do governo federal quanto às medidas de isolamento social?". Os prefeitos também perguntam se o Planalto orienta as prefeituras a "suspender imediatamente as restrições de convívio social". "Caso positivo, por meio de qual instrumento oficial?".

A entidade também pergunta se há uma "previsão de diálogo federativo para a construção de uma estratégia", já que a medida alardeada por Bolsonaro pode levar ao colapso do sistema de saúde. Caso o implosão aconteça, a frente pergunta ainda se o governo "assumirá todas as responsabilidades da Atenção Básica, Média e Alta complexidades, incluindo todos o atendimentos".

"Como estaremos na contramão do que indica e recomenda a OMS, o governo federal assumirá as responsabilidades de todo o atendimento à população? Está entre as medidas do governo federal a federalização do SUS ?", registra o documento.

Leia também: Caiado diz que se governo não agir, “povo vai quebrar tudo”

No segundo texto enviado a Bolsonaro , os prefeitos solicitam repasse "imediato e direto do Ministério da Saúde" às capitais e às cidades grandes "equipamentos de proteção individual (EPIs)" e testes de detecção da covid-19 para os profissionais da saúde.

    Veja Também

      Mostrar mais