Na última semana, o Presidente Jair Bolsonaro afirmou que as eleições de 2018 teriam sido fraudadas, e que ele teria ganhado no primeiro turno. Gustavo Bebianno, ex-ministro e coordenador da campanha do presidente, afirmou que duvida que Bolsonaro tenha provas que confirmem a fraude.

Leia também: Congresso estuda mudança na concessão de benefícios a idosos

bebianno
Valter Campanato/Agência Brasil
Bebianno


Segundo Bebianno , o Presidente não comentou nada de faude logo após o resultado do segundo turno, em que ganhou. O ex-ministro rompeu com Bolsonaro em 2019, quando foi demitido do cargo. Ele ainda disse que na época das eleições, mandou uma advogada eleitoral e alguns técnicos de informática para a apuração, e não houve sinal de irregularidade.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários