olavo
Reprodução/Youtube
Guru do bolsonarismo, Olavo de Carvalho

Olavo de Carvalho usou as redes sociais para lançar ofensivas contra a atriz Regina Duarte, nova secretária especial da Cultura. Na visão do astrólogo, a atriz não tem capacidade para exercer o cargo. Ele também pediu "perdão" ao presidente Jair Bolsonaro por ter apoiado a indicação dela ao posto.

Leia mais: Sete mortos estão na lista de apoiadores do Aliança pelo Brasil

"Peço ao presidente da República que me perdoe por ter endossado o nome dessa senhora para um cargo que está infinitamente acima da capacidade dela", escreveu Olavo na noite da quinta-feira (5), na sua conta oficial do Facebook.

O filósofo comparou o trabalho da atriz ao desempenho do dramaturgo Roberto Alvim , antecessor de Regina na pasta. Alvim foi demitido após divulgar um vídeo com um pronunciamento oficial de governo com inspiração em frases associadas ao nazismo. 

"É óbvio que a Regina Duarte, exatamente como o seu antecessor, não tem a menor ideia do que está fazendo", disse Olavo .

A atriz tomou posse no cargo na quarta-feira (4) e passou a ser alvo de uma campanha nas redes sociais que pedia a saída do cargo antes mesmo da posse. Apoiadores de Bolsonaro da ala "olavista", foram os responsáveis pelo pedido.

O ator Carloz Vereza e o ex-presidente da Fundação Nacional das Artes (Funarte), Humberto Braga, serão nomeados por Regina Duarte para ocupar cargos na secretaria. 

As exonerações da antiga equipe de Alvim foram responsáveis pelas críticas à posse da atriz. Olavo havia dito que foi o responsável por aconselhar o presidente sobre a escola da atriz e por esse motivo Regina lhe deve explicações sobre as novas medidas.

Leia também: Olavo de Carvalho recebe alta hospitalar após crise respiratória

A família Bolsonaro tem o filósofo como "guru" ideológico. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários