João Amoêdo
Novo
João Amoêdo

O empresário João Amoêdo deixou, nesta quinta-feira (5) a presidência e o Diretório Nacional do Partido Novo, pelo qual concorreu às eleições presidenciais de 2018. Amoêdo afirma que continuará no partido. O empresário Eduardo Ribeiro foi eleito por unanimidade para ser o novo líder da sigla.

Leia também: “Não gosto muito do que fazem o governo Bolsonaro e os filhos”, afirma Amoêdo

Amoêdo , que é um dos fundadores do partido , também permanece na Fundação Brasil Novo, integrando o Conselho Curador e, segundo o Novo, segue defendendo os valores da legenda. 

O empresário do Novo afirmou, por meio de nota, que toda instituição “precisa de renovação nos seus comandos, para seguir amadurecendo e crescendo”. Ele também defendeu que é necessário mudar o modelo de governo do Brasil e que isso só será possível por meio da política.

Eduardo Ribeiro , que também é empresário, é ex-presidente do Diretório Estadual de Santa Catarina.“Eduardo nasceu dentro do partido, das bases de Santa Catarina, não é indicação de ninguém, não é parente de ninguém”, afirmou o professor Christian Lohbauer que foi vice de Amoêdo na disputa de 2018.

Na última eleição presidencial, a primeira que o partido participou, Amoêdo ficou em 5º lugar, com 2.679.744 votos (2,5% do eleitorado), atrás de Jair Bolsonaro (PSL), Fernando Haddad (PT), Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB). Foram eleitos pelo Novo em 2018 oito deputados federais, 11 estaduais e o governador de Minas Gerais, Romeu Zema.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários