Eduardo Braga com Davi Alcolumbre
Beto Barata/Agência Senado
Eduardo Braga (MDB-AM) conversa com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP)


Depois de se aliar ao grupo Muda Senado e apoiar os vetos de Jair Bolsonaro à proposta de orçamento deste ano, permitindo que o Planalto decida sobre o uso das verbas públicas, o MDB quer ter o controle sobre o assunto em 2021. Líder do partido no Senado, Eduardo Braga (MDB-AM) informou o presidente da casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), sobre o desejo.

Leia também: MDB deve apoiar vetos de Bolsonaro ao orçamento e pressionar Alcolumbre

Eduardo Braga, aliás, seria o favorito a ficar com a relatoria. O MDB é o partido com mais representantes no Senado. São 14 senadores. Assim, costuma ter preferência nas pressões para relatoria de temas.

Desde que o Congresso decidiu que o relator tem poder de decisão sobre sobre uso de fatia das verbas públicas, o cargo se tornou cobiçado pelos congressistas.

Na terça-feira (3), o Congresso aprovou o orçamento de 2020 contrariando pontos do texto do relator deputado Domingos Neto (PSD-CE) e autorizando os vetos de Bolsonaro, que dá autonomia do Planalto para a decisão do destino das verbas públicas no ano. Isso aconteceu com amplo apoio do MDB no Senado.


    Veja Também

      Mostrar mais