Bruno Covas
Roberto Casimiro/Fotoarena/Agência O Globo
Bruno Covas confirmou candidatura para reeleição em São Paulo

A aproximação entre a ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy e a Rede tem um novo obstáculo para a disputa da prefeitura. Parte do partido fundado por Marina Silva já começou os diálogos com o atual prefeito da capital paulista, Bruno Covas (PSDB), que por sua vez também já disse que será candidato a reeleição. A informação é da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo .

Com várias opções na mesa para escolher para onde quer ir, Marta tem pelo menos três partidos na disputa pela sua filiação: Rede, PDT e PT.

Na última quinta-feira (6), a ex-prefeita participou de uma reunião com dirigentes da Rede, mas saiu do encontro sem tomar nenhuma decisão . Quanto ao PDT, as articulações também estão em andamento, mas a legenda já pensa em um plano B caso as negociações com Marta não avancem. Os nomes cotados pela sigla são o de Orlando Silva (PCdoB) ou Márcio França (PSB) .

Já no caso do PT, uma parceria com Marta é uma vontade do ex-presidente Lula, que gostaria de ter uma chapa pura liderada por Fernando Haddad e com Marta como vice . No entanto, outra desafio que o PT também enfrenta é convencer Haddad a entrar para a disputa, podendo se candidatar junto com Marta mesmo que ela se filie a outro partido de centro-esquerda.

    Veja Também

      Mostrar mais