pt 40 anos
Diego Padilha/PT
PT celebra 40 anos e descarta alianças com PSDB, DEM e "extrema direita" neste ano

A direção nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) vetou, em nota divulgada na madrugada deste sábado (8), qualquer possibilidade de realizar alianças com PSDB, DEM e a "extrema direita" nas eleições municipais deste ano.

Leia também: Marisa cogitou divórcio por desconfiar de traição de Lula, diz biografia

Segundo a nota, o PT  "definiu que a politica de alianças do partido para as eleições municipais exclui os partidos que sustentam a política ultraneoliberal do governo Bolsonaro (DEM e PSDB) e veta composições com os partidos de extrema-direita. O PT definiu como centro estratégico eleitoral “a construção de alianças com PCdoB, PSOL, PDT, PSB, Rede, PCO e UP", diz o comunicado publicado no site oficial da sigla.

O texto divulgado diz ainda que "Alianças com outros partidos podem ser feitas, onde o PT tenha candidatos a prefeito , desde que autorizadas pelo Diretório Estadual, mas não podem incluir os partidos ultraneoliberais e os de extrema-direita, diferentemente do que foi noticiado pela imprensa".

Segundo o partido, as condições para uma aliança são "compromisso expresso com a oposição a Bolsonaro e suas políticas" e não poder ter "práticas de hostilidade ao PT e aos presidentes Lula e Dilma ".

Desta sexta-feira (7) até o domingo (9), o partido celebra 40 anos de existência em eventos no Rio de Janeiro, a "Festival PT 40 anos", que contará com políticos, figuras ligadas à militância petista e artistas. Na abertura, nesta sexta, a presidente do partido, deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR), e o candidato à presidência nas eleições de 2018, Fernando Haddad , marcaram presença.

Leia também: Com bens bloqueados pela Justiça, Lula passa a receber salário do PT

Neste sábado, são esperadas para debates as presenças do ex-presidente Lula e do ex-presidente uruguaio Pepe Mujica. Nas redes sociais, o petista convidou militantes a comparecerem.

    Veja Também

      Mostrar mais