haddad
Ricardo Stuckert - 30.8.19
Haddad rebateu fala de Guedes sobre servidores e disse que "parasitas" são ele e Bolsonaro

O ex-prefeito de São Paulo e candidato derrotado no segundo turno das eleições presidenciais de 2018, Fernando Haddad (PT), rebateu o ministro da Economia, Paulo Guedes, após este classificar servidores públicos como "parasitas". Para Haddad, quem merece tal classificação são justamente ele e seu "chefe", Jair Bolsonaro.

Leia também: "O cara virou um parasita", diz Paulo Guedes sobre servidor público

"Um cara que vem do mercado financeiro, que só lucrou em cima de especulação a vida inteira, nunca pregou um parafuso, vai chamar alguém de parasita? Parasita é ele.", disparou Haddad contra Guedes em evento de comemoração dos 40 anos do Partido dos Trabalhadores (PT).

O petista aproveitou ainda para alfinetar a família Bolsonaro sobre a questão: "De que Guedes chamaria um servidor público que ficou 28 anos sem trabalhar e ainda “rachava” o salário dos funcionários do seu gabinete?", publicou no Twitter o líder de oposição, em alusão à invesigação do Ministério Público do Rio que investiga Flávio Bolsonaro, senador e filho do presidente.

"Todo dia tem alguém sendo ofendido. Ele é democrático na ofensa: ofende todo mundo, menos seus correligionários covardes, que ficam nas redes sociais fazendo fake news contra as pessoas", completou Haddad para a militância do PT .

Leia também: "Uma pessoa com HIV é despesa para todos no Brasil", diz Bolsonaro

Outra declaração recente, desta vez do próprio presidente da República, foi contestada pelo petista: "Um presidente falar que os soropositivos custam ao País? Quem custa é ele", respondeu Haddad à declaração de Bolsonaro sobre uma pessoa com HIV representar "uma despesa para todos do Brasil".

    Veja Também

      Mostrar mais