Bolsonaro
Reprodução
Bolsonaro deseja proximidade com o país judeu

 O presidente da República, Jair Bolsonaro, revelou que pretende transferir a embaixada do Brasil em Israel para Jerusalém até 2021. O chefe de Estado brasileiro fez o comentário em uma entrevista realizada em dezembro ao pastor Silas Malafaia, mas que foi divulgada somente nesta segunda-feira (3).

Leia também: Homem de cueca é filmado pendurado em janela de prédio; assista

Durante a viagem de Bolsonaro ao Oriente Médio , em outubro passado, o presidente afirmou que conversou com as autoridades de outras nações da região sobre a possibilidade de fazer a mudança. Tirar a embaixada brasileira em Israel de Tel Aviv para Jerusalém é uma das promessas de campanha do chefe de Estado do país sul-americano.

"O sentimento que eu tenho... todas essas conversas foram no reservado, Arábia Saudita, Qatar, Emirados Árabes, entre outros, só o intérprete ali. 'Olha, a situação é essa'. Só teve uma que achou que ficou meio assim, mas deu sinal verde. Os outros chefes de Estado todos falaram que é uma questão interna do Brasil. Então estamos caminhando para isso. Não vou dizer 2020, no máximo 2021, se Deus quiser, vai nascer sem atritos", disse Bolsonaro na entrevista com Malafaia.

Leia também: Presidente do Equador diz que mulheres só reclamam de assédio de homens feios

Na oportunidade, o presidente ainda afirmou que a inauguração do escritório de negócios em Jerusalém , no mês de dezembro, foi um "grande passo".

O evento teve a participação do primeiro-ministro de Israel , Benjamin Netanyahu, e a abertura do escritório fortalece a parceria com Tel Aviv nos temas de inovação, tecnologia e investimentos.

Leia também: Em abordagem, policial espanca jovem rendido e xinga cabelo dele

Bolsonaro havia prometido mudar a sede diplomática ainda em 2019, mas acabou recuando. Segundo Netanyahu , o presidente se comprometeu a transferir a embaixada ainda em 2020.

    Veja Também

      Mostrar mais