bolsonaro
Jorge William / Agência O Globo
Presidente Jair Bolsonaro fez elogios ao apoio que o gestor da Fiesp tem dado ao governo.

O presidente Jair Bolsonaro cumpriu nesta segunda-feira (3) parte da sua agenda em São Paulo ao lado do presidente da Fiesp , Paulo Skaf . Um dos entusiastas da construção do Aliança, novo partido de Bolsonaro, no estado, Skaf recebeu um agradecimento público do presidente pelo apoio que tem dado ao governo.

Leia mais: Bolsonaro compartilha vídeo de jornalista e gera polêmica nas redes sociais

O dirigente começou a manhã acompanhando Bolsonaro na cerimônia de lançamento da pedra fundamental do colégio militar a ser construído na área do aeroporto Campo de Marte, na capital paulista. Os projetos arquitetônicos básico e executivo da obra foram doados pela Fiesp. Depois eles voltaram a se encontrar num almoço organizado por Skaf para Bolsonaro com empresários.

"Skaf, obrigado pelo apoio e consideração. Por tudo que você fez até o momento. Temos em grande parte o necessário para a construção desse colégio no orçamento, mas se precisar não deixaremos de recorrer aos empresários de São Paulo", afirmou o presidente.

Na pré-campanha, Skaf fez uma reunião para Bolsonaro com empresários paulistas em que o então deputado pediu ajuda para a construção do primeiro colégio militar do Exército na cidade.

Skaf está filiado hoje ao MDB mas não descarta embarcar no Aliança para se lançar candidato a governador em 2022 com o apoio de Bolsonaro .

Leia também: Bolsonaro diz a STF que não cometeu ato ilícito contra Glenn

A aproximação com o presidente se intensificou em meados do ano passado. Na eleição de 2018, o presidente da Fiesp não foi o principal beneficiário de uma associação com Bolsonaro . Ele terminou a disputa eleitoral em terceiro lugar. Na ocasião, foi o então ex-prefeito João Doria que conseguiu se apresentar ao eleitor como principal aliado de Bolsonaro no estado e venceu a eleição com o voto “ Bolsodoria ”.

Nesta segunda-feira, o governador Doria, embora convidado a participar do evento no Campo de Marte, não compareceu. O colégio militar está previsto para ser entregue no final de 2022. Ele será construído numa área cedida pela Força Aérea Brasileira (FAB).

    Veja Também

      Mostrar mais