Neste domingo (02), por meio de nota conjunta emitida, o Ministério das Relações Exteriores e o Ministério da Defesa anunciaram que o governo brasileiro adotará todas as medidas necessárias para trazer de volta ao Brasil os cidadãos brasileiros que se encontram na província de Hubei, especificamente na cidade de Wuhan, na China - região de origem da epidemia do coronavírus.

Leia também: China constrói hospital em 10 dias e terá ajuda de militares contra coronavírus

governo
Divulgação
imagem da nota oficial divulgada pelo governo

Segundo o comunicado publicado no Twitter, serão trazidos todos os brasileiros que se encontram na região citada e os que manifestarem desejo de retornar ao Brasil. Assim que chegarem ao País, eles deverão ser submetidos a quarentena, de acordo com procedimentos internacionais, sob a orientação do Ministério da Saúde. Tudo isso para evitar o risco de propagação do coronavírus .

Leia também: Coronavírus: Coreia do Sul vetará entrada de estrangeiros que estiveram em Hubei

O Ministério da Defesa, por meio da Força Aérea Brasileira, trabalha na elaboração do plano de voo da aeronave, possivelmente fretada, que será enviada à China .

Leia também: Universidade lança site que monitora o coronavírus; acompanhe em tempo real

Duas brasileiras, que se encontravam em Wuhan e também possuíam nacionalidade portuguesa, já embarcaram em voo francês que transportou cidadãos da União Europeia. Elas farão quarentena em Portugal.

    Veja Também

      Mostrar mais