Ciro foi presidenciável em 2018
Marcelo Camargo / Agência Brasil
Ciro foi presidenciável em 2018

A Justiça de São Paulo apreendeu uma caminhonete Toyota Hilux do ex-ministro e ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) para garantir que ele pague parte da indenização ao vereador Fernando Holiday (DEM). Ciro foi condenado em fevereiro do ano passado a pagar R$ 38 mil a Holiday por tê-lo chamado de "capitãozinho do mato". A informação é da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo .

A decisão foi tomada pela juíza Lígia dal Colleto Bueno, da 1ª Vara do Juizado Especial Cível, e a defesa do ex-minsitro já disse que vai recorrer.

Leia também: Ciro volta a chamar Holiday de 'capitão-do-mato'; vereador promete novo processo

Ciro deu declaração durante um entrevista à Rádio Jovem Pan, em junho de 2018. "Imagina, esse Fernando Holiday aqui. O capitãozinho do mato, porque é a pior coisa que tem é um negro que é usado pelo preconceito para estigmatizar, que era o capitão do mato do passado", disse na ocasião. À epoca ele disputava as eleições para presidente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários